Últimas Notícias

Rússia anuncia construção de gasoduto até a China

Publicado por Folha de Italva em 01/09/2014 | 18:31


O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou nesta segunda-feira o início da construção de um gasoduto que permitirá, pela primeira vez, exportar gás russo para a China. Chamado "Força Siberiana", o gasoduto terá 3.968 quilômetros, do oeste da Sibéria até o extremo oriente, e uma capacidade prevista de 61 bilhões de metros cúbicos.

A construção do empreendimento e da infraestrutura adjacente custará cerca de 55 bilhões de dólares e permitirá que a Rússia cumpra o acordo assinado com Pequim em maio para o fornecimento de gás ao país. A economia russa depende, em grande parte, da renda obtida com a venda de hidrocarbonetos.

"Hoje lançamos o maior projeto de construção do mundo", disse Putin na cerimônia de inauguração do gasoduto nas proximidades da cidade siberiana de Yakutsk. "Não se trata de bater recordes, mas de um projeto de grande importância para a Federação Russa e para a República Popular da China", acrescentou Putin ao lado do vice-primeiro-ministro chinês, Zhang Gaoli.

O contrato entre ambos países tem validade de 30 anos, com entregas de 38 bilhões de metros cúbicos por ano a partir de 2018 e por um valor estimado de 400 bilhões de dólares neste período.

A Gazprom, operadora russa de gás, quer ampliar sua presença na Ásia graças a este gasoduto e à construção de uma fábrica de gás liquefeito na cidade de Vladivostok.

Segundo Valeri Nesterov, analista do Sberbank CIB, o novo gasoduto "permitirá estabilizar a situação financeira da Gazprom, ameaçada pelo aumento da concorrência e, em consequência disso, pela queda de preços".

O acordo com a China corresponde ao objetivo de longo prazo da Rússia de redirecionar para a Ásia seu comércio exterior, até agora voltado principalmente para a Europa. Este objetivo russo ganhou força nos últimos meses, com a grave situação na Ucrânia, que provocou a maior crise entre a Rússia e o Ocidente desde a Guerra Fria.


Missão Andorinha realiza um sonho, Rogério recebeu sua nova cadeira de rodas


Na manhã do último sábado (30/08), representantes da Missão Andorinha entregaram a nova cadeira de rodas de Rogerinho. Foi um momento histórico, já que depois de anos de promessas de políticos da cidade e região, a cadeira foi comprada com recursos arrecadados através de uma campanha popular chamada de "Asas Novas Para o Rogerinho".

Muito emocionado, Rogério não cansava de repetir "obrigado". Após uma rápida cerimônia feita no calçadão no centro da cidade, todos saíram em carreata para comemorar a conquista.





Marieta Severo chora ao gravar último episódio de 'A Grande Família'


Dona Nenê já não habita mais a agenda de trabalho de Marieta Severo. Na semana passada, a atriz que deu vida à mãezona de A Grande Família por 14 anos gravou suas últimas cenas para o seriado. E não conteve as lágrimas. Por vários momentos, Marieta se comoveu, contagiando toda a equipe presente no set.

No último episódio da série, Nenê reencontra a amiga Marilda, a quem não via fazia quatro anos, desde que Andréa Beltrão deixou o seriado para fazer Tapas & Beijos, também na Globo. O dia chuvoso no Rio colaborou para a nostalgia do clima. Ao final, todos quiseram registrar o grand finale, com seus celulares a postos.

O último episódio vai ao ar no dia 11 de setembro. Nele, os Silva recebem um telefonema da Rede Globo, que diz querer fazer um programa inspirado na família. Logo aparecem no subúrbio carioca o diretor Daniel Filho e os atores Glória Pires e Tony Ramos, escalados para fazer Nenê e Lineu na TV. Lázaro Ramos e Deborah Secco darão vida a Agostinho Carrara (Pedro Cardoso) e Bebel (Guta Stresser). Já Alexandre Borges e Luana Piovani farão o casal Paulão (Evandro Mesquita) e Lurdinha (Maria Clara Gueiros).

Sucesso por 14 anos na tela da Globo, o seriado marca mais de 20 pontos de audiência na Grande São Paulo, índice ótimo para a faixa de horário em que é transmitido -- 22h em diante, e só está saindo do ar porque o elenco tem vontade de se dedicar a outros projetos.


Três bandas de maçã por dia reduzem em 40% risco de infarto


Comer frutas todo dia pode reduzir o risco de doença cardíaca e acidente vascular cerebral em até 40%, afirmam pesquisadores britânicos da Universidade de Oxford.

O novo estudo mostra que quanto mais frutas uma pessoa come, menor será o risco, em comparação com a não ingestão.
O máximo benefício obtido no estudo ocorreu com a ingestão de cerca de duas porções e meia, ou aproximadamente 150g de peso. Três bandas de maçã são suficientes.

Os resultados foram obtidos em estudo com 500 mil chineses cuja saúde do coração foi monitorado durante sete anos por pesquisadores de Oxford.

Cientistas do Serviço de Pesquisa Clínica da universidade lembram que as doenças cardiovasculares, incluindo doença isquêmica do coração (DIC) e acidente vascular cerebral, são a principal causa de mortes no mundo. '

Os pesquisadores utilizaram no estudo a ingestão de frutas frescas e obtiveram redução do risco de doença cardiovascular, incluindo DIC e acidente vascular cerebral, principalmente os hemorrágicos.


Olympique oficializa contratação do zagueiro Dória do Botafogo

O Olympique de Marselha (FRA) oficializou a contratação do zagueiro Dória, por meio de seu site. O jogador já vestiu a camisa do clube francês e assinou por cinco temporadas. O negócio custou dez milhões de euros (cerca de R$ 29,5 milhões) aos cofres do Olympique.

No site do Marseille, Dória falou sobre a transferência e se disse honrado em vestir a camisa azul e branca. Ele também elogiou a estrutura do clube e falou sobre a paixão dos torcedores.

- Estou muito feliz, honrado e orgulhoso de me juntar ao Olympique. Este é um dos maiores clubes da Europa e é bastante conhecido no Brasil - disse Dória.


Homem que nasceu com deficiência dá palestras motivacionais


A anormalidade está nos olhos dos outros. Isso é uma convicção para Claudio Vieira de Oliveira, de 37 anos, que tem vasta experiência no assunto. O baiano de Monte Santo nasceu com uma anomalia física que quase arruinou sua vida, mas garante nunca ter sofrido preconceito ou discriminação. Um problema nas juntas, chamado artrogripose congênita, deixou seus braços e pernas deformados e sua cabeça virada para trás desde o nascimento, em 1976. Hoje, sua história de vida é a base para dar palestras motivacionais - em outubro, ele irá para os Estados Unidos contá-la em três cidades.

Seu primeiro desafio foi nascer. A cidade no interior do Bahia não tinha hospital e sua mãe não havia feito ultrassonografias durante a gravidez.
— Antes de eu nascer, ninguém sabia que eu ia ficar assim dessa forma. Eu nasci de parto normal, não foi num hospital, porque aqui não tinha. Foi com um médico, só que dentro de casa. Foi muito difícil — conta Claudio.

Sua anomalia impressionou os moradores de Monte Santo. Os médicos chegaram a aconselhar sua mãe, Maria José, a deixar de alimentá-lo para que morresse. Ela, contudo, conseguiu dar cabo de criar os seis filhos, sempre tratando Claudio da mesma forma que os demais.
— Eu já ouvi relatos de outras pessoas com necessidades especiais que viviam ou vivem diferentes das demais. Vivem num mundo fechado. A pessoa sente a discriminação, o preconceito. Eu fui diferente. Desde cedo fui motivado por muitas pessoas da minha família, principalmente minha mãe — lembra ele, que perdeu o pai com 1 ano de idade.

Educação

Claudio foi alfabetizado em casa, com uma professora particular. Maria José temia que ele não conseguisse se adaptar ao ambiente escolar. A iniciativa de começar a escrever pegando o lápis com a boca foi dele.

— Foi espontâneo, veio de mim. Eu deitei no chão com uma almofada, pus o lápis na boca e comecei a rabiscar sozinho. Hoje, consigo escrever normalmente. Com a boca — explica Claudio.

Ele chegou a estudar alguns anos em uma escola particular, pois sua mãe considerava a infraestrutura mais adequada, mas, diante das dificuldades financeiras, ele teve que largar a educação por um ano. Voltou a uma escola pública na 3ª série e ficou lá até concluir o ensino médio. Claudio ainda fez um curso técnico antes de mudar para Feira de Santana, onde cursou Contabilidade.
— Nessa época eu tive a ajuda de muitas pessoas. Consegui uma bolsa integral (da faculdade), consegui ajuda para o aluguel. Um vizinho foi me acompanhar e minha mãe me visitava a cada 15 dias para limpar a casa e preparar comida. Foi um esforço muito grande, mas tudo isso valeu a pena. Se fosse para fazer de novo, eu faria.

Acessibilidade

Claudio tenta tornar sua rotina o mais normal possível, mas costuma esbarrar nas dificuldades de acessibilidade. O baiano se deslocar para curtas distâncias de joelhos ou com um sapato especial, que vai da extremidade do joelho à ponta do pé. Para ir mais longe, ele precisa ser carregado por alguém.
— Eu já me acostumei. Às vezes, a gente imagina: ‘Será que estou incomodando?’. Mas nunca vi ninguém reclamar. Apesar disso, os anos vão passando e eu vou adquirindo peso. Com o passar do tempo, as pessoas não vão ter condições de me locomover. Infelizmente, eu não tenho transporte — lamenta.


Apesar das dificuldades, Claudio passa a entrevista inteira sem se referir a si mesmo como “deficiente”.
— Para ser sincero, eu nem percebo quem eu sou. Eu nunca percebi se eu sou uma pessoa portadora de necessidades especiais, deficiente, sei lá. Muita gente me pergunta qual o segredo para isso. Bom, para mim, o segredo é o próprio meio. Se o meio lhe olhar assim (como deficiente), é assim que você se vê. Eu tenho muita popularidade aqui na minha cidade, me comunico bem, nunca fico sozinho. Talvez o segredo seja esse, a compreensão de cada um — explica.

A vida de Claudio fez sucesso na imprensa internacional nesta segunda-feira. Portais como Daily Mirror, Daily Mail e Metro publicaram sua história de superação.



Fonte: Jornal Extra

Oficial: Windows Live Messenger (MSN) tem data para o seu fim

Eis que um dos maiores e mais populares programas de chat do mundo chegará ao seu fim; estou falando do Windows Live Messenger, que a partir do dia 31 de outubro, deixará de existir por completo.

Muitos de seus utilizadores já haviam migrado para o Skype, apenas uma pequena porção de seus usuários continuava usando o programa para se comunicarem. Sim, o Windows Live Messenger ainda continua ativo em alguns computadores espalhados pelo mundo e, mais precisamente, na China, onde a Microsoft continuou a prestar serviço após o anúncio de migração do aplicativo para o Skype no ano passado.

Lançado em 1999, o programa de chat da toda poderosa empresa de Redmond, logo se tornou líder no segmento, onde ao longo de sua existência foram adicionadas várias ferramentas de personalização, jogos, emotions e outros. Mas essas personalizações não foram o suficiente para manter o Windows Live Messenger na ponta, pois o programa começou a perder “terreno” ou sua “liderança” no segmento de comunicação via chat com a chegada das redes sociais, obrigando assim a Microsoft a inovar, para tanto, a empresa se viu obrigada a adquirir sua própria rede social e foi exatamente isso que ela fez, quando adquiriu o Skype.

Com a compra de sua própria rede social, a Microsoft para não perder mais espaço nessa área, resolveu migrar “todos” os seus usuários do famoso MSN para o seu novo programa de chat. Sendo assim, se você ainda tem instalado em seu computador ou dispositivo móvel e continua usando o MSN está na hora de pensar em migrar para um novo programa de chat, pois logo, logo, o Windows Live Messenger deixará de existir.

ONet

Equipe de Jiu Jitsu de Bom Jesus do Norte conquista 8 medalhas na Copa Pepê em Guarapari


Crianças e adolescentes de Bom Jesus do Norte (ES) foram destaques na oitava edição da Copa Pepê de Jiu Jitsu na cidade de Guarapari, o evento  reuniu cerca de 800 atletas com idades entre 5  e 40 anos e aconteceu nos dias 30 e 31 de setembro(sábado e domingo),  no ginásio do Polivalente em Muquiçaba,  reunindo competidores de várias cidades capixabas além de representação de vários Estados.

A equipe de Bom Jesus do Norte foi representada por 11 atletas com idades entre 5 e 15 anos que participam da escolinha de Jiu Jitsu organizada pelas Secretarias de Assistência Social e Esportes. Foram conquistadas: 2 Medalhas de Ouro, 2 de Prata e 4 de Bronze. Willian Rangel, Professor da equipe disse que o desempenho das crianças não poderia ser melhor, pois são atletas que nunca competiram e o peso da estreia em uma competição poderia influenciar no resultado.  José Guimarães (Zé lau), Secretário de Esportes também ficou otimista com o resultado “Nesse Projeto estamos trabalhando em parceria com a Secretaria de  Assistência Social e todo o respaldo do nosso Prefeito Ubaldo, e tivemos  como resultado o sucesso de nossas crianças” comemorou Zé Lau.


Com uma proposta de inclusão através do esporte, o projeto de Jiu jitsu de Bom Jesus do Norte envolve crianças de famílias assistidas pelo CRAS- Centro de Referência de Assistência Social- e conta atualmente com cerca de 20 meninos e meninas. Além do treinamento que acontece 3 vezes por semana  na sede do CRAS no Bairro Vista Alegre,  as crianças também  são assistidas por Psicólogos e Assistentes sociais que acompanham o  desenvolvimento dos jovens no Projeto, na Escola e na própria Família.
 
Suporte : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Folha de Italva - Todos os direitos reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Tecnologia Blogger